Entrevista com a jovem artista Carolina Wan

 1

A Carolina Wan é uma artista de 19 anos que transita entre a música, as artes visuais e o design, e que manda ver em tudo o que se propõe a fazer.

Carol nasceu em São Paulo, em 1995, e por lá morou até os 7 anos de idade, quando se mudou para Florianópolis, cidade com a qual, apesar de atualmente residir em Sampa para estudar, ainda mantém uma forte conexão. Foi em Floripa, aos 15 anos, que ela lançou a Carolion, banda de composições próprias.

carolina-wan-wefashionyou-1

Hoje, Carolina Wan toca o projeto musical Willy, the better, junto com o seu namorado, mas as suas redes sociais não mentem, ela está se dedicando muito aos desenhos, ilustrações e pinturas e é muito divertido acompanhar todas as suas obras pelo Instagram, Tumblr e Cargo. Além disso, claro, você pode conhecer mais dessa jovem artista e de seu trabalho lendo na íntegra a entrevista abaixo.

We Fashion You: Oi, Carol! Parabéns pelo seu trabalho, você manda ver tanto na música quanto nas ilustras, e está tudo muito lindo!
Carolina Wan: Obrigada, Cá!

WFY: Você começou cedo na música. Com 15 anos já tocava o projeto Carolion, só de composições próprias, juntamente com Carlos Lamarque, Marcio Bicaco e Jean Gengnagel. O seu primeiro contato íntimo com a arte se deu dessa forma, através da música?
Carol: De alguma forma sim. Acho que tudo começou com a música. Enquanto eles preparavam e trabalhavam na parte técnica da banda, eu era responsável pelas divulgações, ou seja, teasers, pôsteres, textos, etc. O Carlos ia sempre me dando opiniões e críticas. Foi um contato muito legal com design e ilustração na verdade. Foi uma época muito legal, eu sinto saudade.

WFY: Hoje, acompanhando as suas redes sociais, percebemos que há muito mais pinturas e desenhos do que projetos musicais. Qual a sua relação atual com a música?
Carol: Tirando as promessas do Carlos (haha!) meu namorado estava tocando comigo um projetinho chamado Willy, the better. Uma vez, ele fez um estúdio no armário do quarto dele para gravarmos uma música, foi muuuito divertido! Porém, depois só tocamos uma vez numa feirinha chamada Fêra Féra em São Paulo. Minha relação com a música, acho que poderia estar mais próxima, porque ela me faz bastante falta. Mas estou planejando um vídeo para uma música nova e escrevendo coisinhas cá e lá.

WFY: Como aprendeu a desenhar e a pintar?
Carol: Não sei se aprendi. Uma vez, me disseram que meu trabalho era sem compreensão e observação, que era arbitrário, fantasioso e sem sentido. Hoje entendo. Eu devia aprender, viu? Mas eu só faço sem medo. Acho que cada coisa é uma experiência e se não fizermos, não vamos ver no que deu, e não aprenderemos.

WFY: Os seus desenhos possuem uma cartela de cores e um traço muito forte e ímpar. Como você definiria a sua identidade nas artes visuais?
Carol: Cada vez mais que eu estudo a história da arte, mais me apaixono pelo que estou ouvindo, lendo ou estudando. Quando vejo meu trabalho ou minha identidade, eu vejo uma relação muito forte com o fauvismo – expressionismo francês. Mas também, quando estou pesquisando artistas e até mesmo fotógrafos, percebo que muitos do pop art são os que mais me puxam. E fazendo uma relação, me puxam porque me identifico. São influências, né.

WFY: Você diz que gosta muito de experimentar novos materiais. Com quais você começou a pintar?
Carol: Eu comecei a pintar com um estojinho de aquarela que achei em casa…

WFY: E hoje, quais os que você mais gosta de utilizar? Algum muito inusitado?
Carol: Ahh! Eu peguei uma matéria em Artes Visuais na faculdade que se chama Pesquisa de Materiais. Lá eu aprendi a fazer minhas próprias tintas com pigmentos naturais e mediums. Estou experimentando bastante com coisas que temos na cozinha.

WFY: Como é a escolha dos motivos para desenhar? Conta pra gente um pouquinho de como rola o processo de concepção da ideia até a finalização de uma obra.
Carol: Estar atenta e aberta ao que acontece é uma das consequências. Acho que tudo é natural, e quanto mais eu observo mais sinto que meu olhar fica mais gráfico, haha, isso me ajuda no processo de concepção. Usar alguns temas aleatórios como fetiche também me agradam, pois acho que torna a coisa mais difícil e no fim fica muito interessante.

WFY: Como o curso de Design da FAAP se relaciona com o seu trabalho artístico?
Carol: Eu já fiquei muito em dúvida sobre trocar de curso, conversei com artistas, designers, professores, o nosso coordenador, pessoas que admiro… Mas no fim, achei que levar o curso como um desafio fosse interessante também. Eu estava gostando de ouvir as propostas de trabalho dos meus professores, pensar como eu poderia crescê-la e modificar alguma coisa para aplicar minha linguagem e meu trabalho. E quis continuar! Além disso, poder conhecer o design, entendê-lo e me entender através dele é muito incrível! O design me ajuda muito.

WFY: Na verdade, como rola toda a relação música-pintura-design?
Carol: Pra ser sincera, eu não sei mais tão bem. Antes rolava, um se deu pelo outro. Mas agora não sei como responder como tudo se conecta.

WFY: Tem algum projeto novo a caminho?
Carol: Sim! Um zine! Que é uma coisa que me empolga bastante porque eu não sou boa em fazer zines (só fiz um) mas essa história é muito legal e me empolga bastante. Outros projetos bem legais são com fotografia, que tivemos a chance de nos aprofundar nesse semestre da faculdade e me encantei.

WFY: Como as pessoas podem adquirir os teus trabalhos?
Carol: Eu comecei esse ano a enviar newsletters com as minhas produções plásticas. A ideia era ser mensal, porém algo me atrapalhou e não consegui retorná-las. Pretendo voltar com os envios em breve. Além da Gibiteria e da PhD daqui de São Paulo que vendem prints meus, acho que o jeito de adquirir meus trabalhos são comigo. Meu email é carolinawan@hotmail.com, ficaria muito feliz em conversar sobre qualquer assunto.

carolina-wan-wefashionyou-10carolina-wan-wefashionyou-5Processed with VSCOcam with c1 presetcarolina-wan-wefashionyou-2carolina-wan-wefashionyou-3carolina-wan-wefashionyou-7carolina-wan-wefashionyou-11carolina-wan-wefashionyou-6carolina-wan-wefashionyou-8
Pôster de divulgação da apresentação da Carolion na Lagoa da Conceição, Floripacarolina-wan-wefashionyou-9
Pôster de divulgação da apresentação da Carolion, no Sol da Terra na Lagoa da Conceição, Floripa

A Carol está sempre com novos projetos em andamento. Acompanhe todos, incluindo o zine que está a caminho, pelas suas redes sociais e portfólio online.